segunda-feira, 1 de junho de 2009

Vem Comigo Que No Caminho Eu Explico



AH, Goethe! Tua conversa:
Há pessoas que nunca se perdem porque não se põem a caminho

Hoje é segunda feira que tece novidades!
Um panozão
de possibilidades faiscantes no trabalho da Validuaté.
Quem puder ver verá. Quem tiver ouvidos que ouça.
Márcio Menezes traz do eixo São-Paulo-Rio
uma caixinha de surpresas! Que é a coisa mesma de
uma caixona de música!

Espaço sujeito a alterações durante as próximas vibrações.

AH, Goethe! Concordo contigo:
Escrever é um ócio muito trabalhoso

Um comentário:

Uivo e Aurora disse...

eita goethe...
perfeito :
"...Átonita, perplexa, viu-se à beira de um abismo; tudo era trevas ao seu redor, nenhuma esperança, nenhum consolo, nenhuma idéias de futuro! Pois ele a abandonou, ele que dava sentido a sua existência. Não via mais o vasto mundo a sua frente, nem aqueles que poderiam substituir quem ela perdeu, sentindo-se sozinha, abandonada por todos... Cega, oprimida pelo terrível vazio em seu coração, precipita-se para a morte, que tudo abarca, sufocando assim todos os seus tormentos..." werther, goethe