quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Vencer

Caríssimos amigos. Desde quando formamos a banda, que surgiu num ambiente festivalístico, tomamos a decisão de não mais participar de um festival competitivo aqui no Piauí, por motivos bem simples: empregávamos muita energia a cada apresentação em eliminatória e final dos festivais em que participamos no comecinho da história. Quando voltamos essa energia para um foco mais preciso, a produção autoral, a criação de algo que fosse novo para nós, conseguimos resultados surpreendentes junto a um público que passou a nos acompanhar e a crescer mais e mais a cada show. Somos muito gratos a todos que fazem desse público nosso principal motivo para continuar criando novas canções, contando nossas histórias e inventando outras.
Recentemente nos inscrevemos em um festival que já tem uma certa tradição no estado. Tomamos essa decisão por levar em consideração o formato que lhe foi dado nesta edição. As canções são veiculadas em várias emissoras de rádio espalhadas pelo estado, podendo ser votadas por telefone. Uma ótima ideia para fazer circular a produção musical piauiense. Quanto a ser votado pelo público para que se possa chegar à etapa final do festival... isso não é algo fácil. Depende de um esforço (no mínimo físico) que muitos talvez não possam se propor: ligar, ou fazer ligarem, milhares de vezes em um único dia para o telefone de votação.
Desde que foi estabelecido o critério de votação (uma mesma pessoa podendo votar infinitas vezes), e que foi constatado que o fator decisivo para a seleção dos finalistas seria o "lobby" que cada inscrito seria capaz de lançar mão para acumular votos, percebemos mais uma vez que podemos usar essa energia para coisas mais produtivas. Acompanhem as votações pelo site do festival, verifiquem os resultados e participem da grande finalíssima. Certamente teremos belas canções no dia 1° de dezembro. A música piauiense tem uma grande produção musical que, infelizmente, mal consegue circular no prórpio estado. Daí o grande esforço de alguns inscritos.
Muito obrigado a quem se dignou a telefonar em nosso favor. Mas não se ocupem tanto disso. O melhor do festival foi ter tantas músicas tocadas em tantas rádios pelo estado. Ficamos por aqui no festival.
De nossa parte, podemos dizer que continuamos trabalhando com a energia de sempre e buscando fazer cada vez melhor o que sabemos e o que temos aprendido ao longo da caminhada. Boa sorte aos finalistas. O longo caminho, fora dos festivais competitivos, já nem nos espera, porque na verdade nós nunca o deixamos.
Abraço futuro e forte aos vencedores.

4 comentários:

Lari disse...

Alegria, alegria
Faz a terra girar
Com positivas energias
É felicidade a dançar


Beijos e sucesso, seja lá por quais caminhos trilharem! ;*

Mari Viana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari Viana disse...

Olá, Quaresma, meu nome é Mariana Viana, sou estudante de jornalismo da UFPI. Gostaria muito de fazer uma entrevista com o Validuaté para a disciplina de Tópicos Especializados em Jornalismo.

Como faço para marcar a entrevista com vocês?

Meu e-amil para contato é maryana.vyana@hotmail.com

Grata pela atenção,
Mariana

zeezeel disse...

é quaresma concordo com vc.vai ser triste ver gente na final com um sorriso amarelo no rosto sabendo que nao deveria estar ali.